Trabalho realizado com alegria: assim a Jornada foi organizada

Por Priscila Ernst

As atividades preparadas para a 14° Jornada de Agroecologia estão esquentando o clima frio da cidade de Irati no Paraná. Muitas equipes trabalham há dias para organizar todos os detalhes que sempre fazem a diferença nos dias da jornada. Várias atividades compõem a programação deste ano, como seminários, oficinas, intervenções artísticas, feira de sementes e produtos agroecológicos, Túnel do Tempo – “100 anos da Guerra do Contestado” e a Ciranda Infantil.

Para que toda esta programação pudesse acontecer, muitas pessoas foram envolvidas na dinâmica de trabalho, organizando e preparando tudo para o evento.

A Feira de Sementes e Produtos Agroecológicos foi montada no Centro de Tradições Willy Lars, com uma grande diversidade de produtos. Ela começou a ser articulada desde novembro do ano passado, a partir de reuniões com mais de 30 instituições envolvidas, como a prefeitura de Irati, Sindicatos, IFPR, MST, Unicentro, entre outras.

Segundo Josiane Lima dos Santos, uma das organizadoras da feira, este ano se destaca porque marca a retomada de muitas parcerias dentro da totalidade da Jornada. São mais instituições e movimentos fazendo parte da feira de sementes e produtos agroecológicos. Ela conta também, que isso se dá pelas articulações políticas e a representatividade que a Jornada de Agroecologia tem hoje no contexto estadual e nacional.

A feira deste ano conta com mais de 70 bancas instaladas no local, divididas entre as organizações Economia Solidária, MST, Agricultura Familiar, CEFURIA e Rede Solidária Popyguá. A maioria dos participantes são do Paraná, mas representantes de Santa Catariana e Rio Grande do Sul também estão presentes. São pães, bolachas, geleias, licores, vinhos, derivados de leite, cana de açúcar e uva, artesanatos diversos, materiais dos movimentos sociais, além de lanches e bebidas.

Foto: Priscila Ernst

Foto: Priscila Ernst

O projeto Túnel do Tempo também surgiu após meses de articulações e muito trabalho. O projeto tem como tema para a Jornada os “100 anos da Guerra do Contestado” e começou a ser construído deste segunda-feira (20) pelas equipes da Escola Latino Americana de Agroecologia (ELAA) do Assentamento Contestado na Lapa-PR e do Colégio Estadual Francisco Neves Filho de São João do Triunfo-PR.

O Túnel tem quatro fases de explicações e composições de cenários históricos. Também existem mais dois espaços com exposição de fotografias e exibição de vídeos. Os estudantes e professores envolvidos tiveram muito trabalho para a organização de todo o projeto, que foi desde a pesquisa até a confecção dos materiais e composição dos cenários.

Segundo o aluno Gabriel Dombroski, 16 anos, do Colégio Francisco Neves, o Túnel do Tempo é um processo de construção não somente dos cenários, mas também do conhecimento, pois são meses pesquisando e se dedicando ao projeto. “Conseguimos trazer a prática para nosso processo de estudo teórico, e o trabalho de construção é feito com muita alegria”, conta Gabriel.

Igualmente dentro do processo de articulação, a Ciranda Infantil também começou a ser pensada no ano passado. A Ciranda, trabalho que já existe há anos no MST, tem se intensificado a cada ano, representando não somente uma necessidade das mães que precisam deixar seus filhos, mas também, como o espaço educativo e representativo das crianças dentro dos Movimentos.

Foto: Priscila Ernest

Foto: Priscila Ernest

A Ciranda infantil acontece em uma Escola Municipal de Irati e que fica próxima ao CT Willy Lars. As crianças são levadas de ônibus até o local e lá participam de atividades de dança, teatro, música e muito mais. Sergio Verdério, professor da UFFS e do Setor de Educação do MST, explica que são mais de 30 educadores envolvidos, além dos professores da escola municipal. Para hoje são mais de 60 crianças inscritas, além dos 50 alunos da escola municipal que também irão participar das atividades.

Horários:
Feira de Sementes e Produtos Agroecológicos – Das 8h até as 21h – Sábado 25/07 até o meio-dia. Aberto ao público – CT Willy Lars
Túnel do Tempo – Nos dias 23 e 24. Das 8h até 18h. Aberto ao público – Parque Aquático
Ciranda Infantil – Nos dias 23 e 24, Das 8h até 12h, a tarde das 14h até 17h. Somente crianças. Saída doe ônibus as 8h do CT Willy Lars.



Desenvolvido pela Cooperativa EITA