Panetone, salame, cachaça orgânica: conheça as Cestas Natalinas da Reforma Agrária

A iniciativa partiu de cooperativas da reforma agrária e de redes de Economia Solidária do Paraná. 

Texto: Setor de Comunicação e Cultura do MST-PR / Foto destaque: Heloisa Nichele

A união de produtores rurais de áreas da Reforma Agrária e de grupos da Economia Solidária resultou em uma forma diferente de presentear neste natal. São as Cestas Natalinas da Reforma Agrária, que levam desde o tradicional panetone até salame colonial, café, geleias, doces e a cachaça orgânica. 

O preço das cestas se ajusta ao bolso da clientela, com versões que variam entre R$ 30, R$ 60 e R$ 100. Os pedidos devem ser feitos até dia 2 de dezembro pelo site Produtos da Terra, e a retirada poderá ser feita nos dias 14, 20 ou 21 de dezembro, em diferentes pontos de Curitiba. 

O diferencial para quem opta por este tipo de presente é o estímulo ao trabalho de pequenos agricultores, de camponeses e camponesas sem-terra, e de pessoas que integram coletivos da Economia Solidária de diferentes lugares do Paraná –  em sua maioria, mulheres. A diversidade dos produtos da cesta também tem como marca alimentos orgânicos e saudáveis. 

Luiz Pequeno, um dos organizadores das cestas, explica que a iniciativa se inspira no espírito de Natal. “É importante a gente priorizar as cestas natalinas porque o Natal é a festa da simplicidade, da humildade, da doação, da cooperação”. E faz uma proposta a quem planeja presentear neste final de ano: “Nada melhor do que trocar o supermercado, hipermercado e o shopping por produtos da economia solidária da Reforma Agrária”.  


Integrantes do grupo que organiza as Cestas Natalinas da Reforma Agrária / Foto: Gisele Carneiro

As cestas são organizadas pela Cooperativa Central de Reforma Agrária do Paraná (CCA-PR), composta por 17 cooperativas do Paraná; Rede Mandala – Rede Paranaense de Economia Solidária Campo-Cidade, que integra 8 outras redes; e pelo empreendimento Sinergia Alimentos Saudáveis. Este mesmo grupo mantém o site Produtos da Terra em funcionamento durante todo o ano com o atendimento de encomendas, e também organiza uma rede de consumo de cestas, com fluxo de pedidos e entregas semanais em pontos fixos da capital paranaense. 

Entrega das cestas

As entregas das Cestas Natalinas ocorrerão exclusivamente em dezembro de 2019, em três opções de datas de acordo com a modalidade de entrega escolhida: 

No dia 14 de dezembro: 

  • Durante a 2ª Festa da Economia Solidária, das 10h às 19h, na Rua Piquiri, 380 (Sede Cultural do Sindicato dos Bancários); 

No dia 20 de dezembro: 

  • Bigorrilho (Cefuria) – Rua Desembargador Motta 2791 (fundos). Horário: 12h30 às 19h. 
  • Xaxim  (Cecopam) – Rua Mahatma Gandhi, 176. Horário: 18:30 às 20h.
  • Água Verde (Empório COPASOL) –  Av. Sete de Setembro, 4837. Horário: 14h30 às 18h. 
  • Santa Quitéria (Escola) – Rua Curupis, 903. Horário: 15h às 16h30.
  • Sítio Cercado (Paróquia São José das Famílias) – R. Dr. Levy Buquera, 150 – (Salão). Horário: 16h às 18h. 
  • Alto da XV (Confeitaria Pronner) – R. Itupava, 1501. Horário: 15h às 18h. 
  • Cristo Rei (Mercado Ugami) – Av. Sen. Souza Naves, 274. Horário: 15h às 18h. 
  • Jardim das Américas (Loja S.K. Produtos Naturais) – R. João Doetzer, 322. Horário: 14h às 19h. 
  • Uberaba (CEI Maria Cazetta) – R. Padre Júlio Saavedra, 109. Horário: 16h30 às 18h. 

Dia 21 de dezembro

  • Portão (Feira Permanente de Economia Solidária) – Largo do Museu / Terminal. Horário: 9h às 17h. 
  • Centro (Porcadeiro Lanchonete) – Rua Paula Gomes, 13. Horário: 10h às 12h. 

'Panetone, salame, cachaça orgânica: conheça as Cestas Natalinas da Reforma Agrária' não possui comentários

Seja o/a primeiro/a a comentar!

Gostaria de deixar um comentário?

Your email address will not be published.

Desenvolvido pela Cooperativa EITA